Dicas de alimentação

Antigamente, o conceito de spa estava muito voltado a sacrifícios, dietas restritivas e emagrecimento. Hoje, a proposta é bem mais abrangente, pois envolve a busca pelo bem-estar geral, do corpo e da mente.

"Por isso, muitos médicos, de diversas especialidades, encaminham seus pacientes para esses locais", conta Ala Szerman, presidente da Associação Brasileira de Clínicas e Spas.

Atualmente, há em nosso país cerca de 1.100 spas, onde as pessoas costumam ir para cuidar melhor de si, fugir das tensões e redesenhar seu estilo de vida.

Geralmente, a pessoa vai para um spa porque precisa de um ponto de equilíbrio para iniciar o processo de emagrecimento, de um ambiente adequado, que ela nem sempre tem em casa.

Muitos pretendem eliminar o cansaço e as tensões, que também causam desgastes e aumento de peso.

"Nosso último levantamento mostrou que 30% das pessoas que nos procuram não estão preocupadas com a balança, mas sim com a qualidade de vida e a adoção de uma alimentação mais saudável", conta João César Castro Soares, endocrinologista.

"Ao seguir uma dieta elaborada por nutricionistas e praticar atividades físicas devidamente monitoradas, o resultado estético e emocional é sempre muito bom", acrescenta a endocrinologista Cláudia Cozer Leite, de São Paulo.

Mas a especialista mesma avisa: "Quando a temporada no spa acaba é preciso muita força de vontade para manter aquela rotina e não voltar a engordar".